Síndrome de Asperger

IMG_2424Nesse post voltaremos a falar sobre síndromes e transtornos. Falaremos da Síndrome de Asperger que é uma desordem pouco comum, contudo importante na prevenção do processo psicológico de crianças, que, muitas vezes, é tardiamente diagnosticado devido à falta de conhecimento. Esta síndrome é uma categoria bastante recente na divulgação científica e encontra-se em uso geral nos últimos 15 anos.
A Síndrome de Asperger é o nome dado a um grupo de problemas que algumas crianças (e adultos) têm quando tentam se expressar no ambiente social.
Esta Síndrome foi identificada em 1944, mas só foi oficialmente reconhecido como critério de diagnóstico no DSM-IV em 1994. Por isso, muitas crianças foram mal diagnosticadas com síndromes como Autismo, Perturbação Obsessivo – Compulsivo, dentre outras.
As principais características de uma criança com S.A são:
– falha no desenvolvimento de relação com crianças da mesma idade;
– falta de interesse espontâneo em dividir experiências com o outro;
– falta de reciprocidade emocional e social;
– Inflexibilidade a rotinas e rituais;
– inadequação de respostas sociais;
– apresentam um interesse específico e grande, normalmente, por uma área intelectual, como uma parte da matemática, por exemplo. Dentre outros.
O tratamento dessa síndrome, assim como outras, deve ser iniciado o mais breve possível e deve envolver a área psicológica, social e educacional. Em alguns caso devesse fazer o uso de medicação e em outros não, isso será decidido no momento da avaliação para fechamento de diagnóstico.
Reconhece alguém próximo a você com essas características? Busque ajuda o quanto antes, pois o tempo é bastante decisivo no prognóstico do paciente.

Achou interessante? Compartilhe!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Aguarde...

    Informe Seu E-mail

    Quer receber meus artigos sobre temas relacionados a psicologia? Medos, Stress, Ansiedades, depressão... Cadastre seu melhor e-mail.