Bulimia Nervosa


A36C46EA-A183-43A9-A7D0-1190D5A79E12Vim falar um pouquinho hoje de um assunto já anteriormente abordado aqui no blog mas que pela alta incidência dele essa semana na clínica me fez pensar que, talvez, fosse hora de trazê-lo novamente.

Entre os transtornos mentais que mais têm ganhado visibilidade na era contemporânea, estão os transtornos alimentares – TA. São caracterizados  como quadros psicopatológicos com graves perturbações no comportamento alimentar, que afetam, em sua maioria, adolescentes e jovens do sexo feminino. Esses quadros assumem muitas vezes um curso crônico e incapacitante e podem resultar em prejuízos físicos, psicológicos e sociais, que acarretam aumento da morbidade e mortalidade. Vale ressaltar que a predominância é do sexo feminino, mas existem sim acometimento da população masculina.

A bulimia nervosa é um dos tipos prevalentes de TA. Há dois tipos de BN: o purgativo, no qual acontecem episódios de vômitos autoinduzidos e uso abusivo de laxantes, diuréticos e enemas, e o não purgativo, no qual o indivíduo realiza intensos jejuns e exercícios físicos excessivos, sem a ocorrência de vômitos e outros comportamentos compensatórios. Os aspectos que configuram a personalidade de pacientes com Bulimia nervosa incluem: baixa autoestima, pensamento do tipo “tudo ou nada”, ansiedade, perfeccionismo, incapacidade de encontrar formas de prazer e satisfação na vida, busca de problemas mesmo em questões corriqueiras, elevada exigência e incapacidade de “ser feliz” e fruir a vida. Em sua maioria são pessoas frustadas, instáveis emocionalmente e com dificuldades nos relacionamentos e vida social. 

Assim como todo transtorno psicopatológico é necessário tratamento logo que forem observados os primeiros sintomas para que não exista uma evolução da doença e para que esse indivíduo volte a ter equilíbrio, visto que, a bulimia gera sofrimento. Então se você se identifica ou conhece alguém que esteja passando por essa dificuldade busque ajuda. 

Achou interessante? Compartilhe!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Aguarde...

    Informe Seu E-mail

    Quer receber meus artigos sobre temas relacionados a psicologia? Medos, Stress, Ansiedades, depressão... Cadastre seu melhor e-mail.